11/01/2019 - CNC     Twitter  Facebook  Google+  LinkedIn

Segundo levantamento realizado pelo instituto Acende Brasil em parceria com a PwC, os encargos e tributos são quase metade da conta de luz do consumidor brasileiro.

O estudo mostrou que 47,71% da receita bruta operacional arrecadada pelas companhias de energia foi para pagar tributos e encargos em 2017 – ligeiramente abaixo da carga de 2016, de 47,94% do total.

Esse valor é repassado ao consumidor. O estudo levou em conta a receita de 35 empresas do setor elétrico brasileiro, que representam cerca de 70% do mercado de energia.

Em 2017, essas empresas levantaram R$ 83,85 bilhões para pagar essas despesas. Os encargos setoriais, que cobrem custos como subsídios a fontes renováveis, descontos tarifários para consumidores de baixa renda e compra de combustíveis para geração de energia nos sistemas isolados, somaram 23% do total pago não relacionado a serviços de energia. Tributos federais somaram 33% do total; os tributos estaduais chegaram a 44% do total.

Os municipais ficam muito distantes, totalizando menos de 1%.








22/01/2019 - AMMS
Está chegando o dia do talk show “Mulheres Chefes de Família – Responsabilidades e Desafios”. Não fique de fora!
 mais...
22/01/2019 - G1
Veja as dez habilidades mais requisitadas nos currículos
 mais...
22/01/2019 - G1
Davos: 10 coisas que você talvez não saiba sobre a conferência
 mais...
22/01/2019 - Terra Brasis Re
Resseguro tem estabilidade e melhora dos índices
 mais...
Página Inicial  .:.   Informações de Publicidade  .:.   Patrocinadores  .:.   Entre em Contato  .:.   Twitter  Facebook  Google+  LinkedIn
© 2004 - 2019 - AMMS - Associação das Mulheres do Mercado de Seguros
Tecnologia EBTI